responsabilidade corporativa

Como é as equipas da ISS estão a mudar a vida de pessoas portadoras de deficiência 

ISS ES Juan window ISS iberia

Usando o bom senso e um compromisso com a diversidade, a ISS Espanha está a disponibilizar oportunidades de trabalho e independência a centenas de pessoas portadoras de deficiência, mostrando que um ambiente de trabalho em que todos possam contribuir tem muito mais a ver com atitude do que com políticas.

Atualmente, Juan Martinez é um experiente profissional na limpeza de vidros na ISS Espanha, fazendo parte de uma equipa eficiente e responsável pela limpeza de um banco em Madrid. Mas há alguns anos atrás, Juan estava desempregado e desesperado por encontrar trabalho. O problema era que Juan sofre de uma incapacidade de construir memórias de curto prazo. É perfeitamente capaz de aprender a fazer um trabalho, mas simplesmente não consegue lembrar-se se hoje já o fez. 

Quando Juan foi contratado pela ISS Espanha, a sua gestora Brigida Maldonado apresentou uma solução, um sistema que utiliza elásticos nos puxadores das portas para lembrar que Juan já limpou a divisão identificada. Para Juan, a oportunidade que lhe foi dada pela ISS e por Brigida teve um impacto positivo na sua vida. 

“Quando tens um emprego, sentes-te muito melhor. Sentes-te útil. Conseguir um emprego teve um impacto muito positivo na minha vida. Estou contente por trabalhar numa empresa em que me sinto confortável. Estou mais feliz e mais tranquilo do que antes,” refere.

Uma parte da cultura 

Juan é um de cerca de 2000 pessoas com uma incapacidade que trabalham na ISS Espanha, aproximadamente 5,5% da força de trabalho. Este valor está acima do nível de 2% exigido pela lei, mas continua abaixo da meta da empresa de 6,1%, a mesma percentagem de pessoas portadoras de uma incapacidade na população em idade ativa.  

De acordo com Eulalia Devesa, Diretora de Responsabilidade Social Corporativa, a diversidade na ISS Espanha nada tem a ver com o cumprimento de metas ou objetivos. É o resultado da promoção e do apoio consistentes de uma cultura que inclui pessoas com diferentes contextos e capacidades. 

“O nosso principal objetivo é a inclusão de todos, enquanto pessoas. Criar um espaço de trabalho inclusivo, em que as pessoas se possam interligar, sentir valorizadas e contribuir, faz parte integrante da nossa cultura, e é algo que todos aqui se sentem orgulhosos. Sim, temos objetivos, políticas e processos em vigor, mas um compromisso com a diversidade e a inclusão em todo o espaço de trabalho é o que os torna viáveis,” afirma Eulalia. 

O nosso principal objetivo é a inclusão de todos enquanto pessoas e isso faz parte da nossa cultura.

Eulalia Devesa, Diretora de Responsabilidade Social Corporativa, ISS Espanha
O poder da capacitação 

Esta cultura está a ter um impacto significativo. A Fundación Once, o maior grupo defensor das pessoas portadoras de deficiência em Espanha, e a PriceWaterhouseCoopers, concluíram recentemente um estudo para medir o impacto que o emprego pode ter em pessoas com incapacidade. 

No âmbito do estudo, um conjunto de trabalhadores da ISS Espanha com incapacidades foram convidados a classificar a sua qualidade de vida (QdV) numa escala de 1 a 100. Em média, os trabalhadores classificaram a qualidade de vida com 68,2 antes de começarem a trabalhar na ISS. Este valor subiu para 85, um aumento de 15,6%, depois de começarem a trabalhar connosco. As melhorias mais valorizadas foram vistas no desenvolvimento pessoal, bem-estar emocional, rendimento e interação social.  

“Os resultados revelam até que ponto a ida para o trabalho pode ter impacto sobre a autoestima, a confiança e a sensação de bem-estar de uma pessoa,” afirma Eulalia. “Muitos de nós damos estes sentimentos como adquiridos, mas se estivermos privados da possibilidade de trabalhar, deixamo-nos de nos sentir úteis ou capacitados. É muito gratificante fazer parte de uma empresa e de uma cultura que ajuda neste sentido. 

Dar um objetivo e uma oportunidade a mais pessoas 

Atualmente, a ISS Espanha trabalha em proximidade com a Fundación Once e outras organizações para garantir uma boa integração e formação para todos os colaboradores. E, como explica Eulalia, há muitos colaboradores da ISS que contribuem para que as pessoas se sintam bem-vindas e parte da equipa. 

“Estamos a rever permanentemente os nossos processos para ter a certeza de que funcionam para todos os colaboradores,” afirma. “A comunicação é um bom exemplo. Quase 300 dos nossos colegas são surdos ou ouvem mal, por isso temos de adaptar a forma como comunicamos. Normalmente, é apenas uma questão de bom senso, comopor exemplo, inserir legendas em filmes informativos. A chave é possibilitar que todos se sintam incluídos e tenham a oportunidade de dar o seu contributo.” 

Mantenha-se atualizado/a

Solicite os últimos insights da ISS. Pode cancelar a subscrição a qualquer momento.

Subscreva

Histórias sobre pessoas, espaços e planeta

AS PESSOAS INFLUENCIAM OS ESPAÇOS

Mais de 40.500 clientes em mais de 30 países