CASO PRÁTICO

A força de uma equipa coesa da cadeia de fornecimento durante a COVID-19 

Durante uma pandemia, as nossas equipas são essenciais para o correto funcionamento em condições de segurança e higiene nos hospitais, lares de idosos, aeroportos, unidades de produção, escritórios e outras instalações no mundo inteiro. Este trabalho é promovido por pessoas dedicadas, como a Procurement Manager Ana Guim, apoiada pela rede global da ISS, que garante que temos em vigor procedimentos consistentes e que rapidamente partilhamos todas as boas práticas.

Procuring PPE during COVID-19

Tínhamos uma responsabilidade conjunta para com os nossos colegas e clientes, e tínhamos de cumprir.

Ana Guim,  Procurement Manager  da ISS

No pico da pandemia da COVID-19 na China, a nossa equipa de Supply Chain & Procurement enfrentou um desafio único: Como garantir que os colaboradores da ISS em toda a China, o primeiro país atingido pela COVID-19, tinham o equipamento de proteção individual (EPI) correto, numa altura em que os EPIs eram um recurso extremamente escasso. E não eram apenas os EPIs. A procura rapidamente ultrapassou o fornecimento de desinfetante para as mãos, desinfetantes de limpeza e outros recursos essenciais.

“Não havia tempo nem equipamentos para repor,” explica a Procurement Manager Ana Guim. “Isto exigiu um esforço enorme da nossa equipa para manter os nossos colaboradores abastecidos. Quando chegava uma encomenda, quem estivesse disponível descia ao armazém para a preparar. Trabalhámos em parceria com o nosso fornecedor, reorganizando as encomendas para satisfazer as necessidades especificas de cada instalação. Com a escassez de material que se verificava, tínhamos de enviar a quantidade exata de produtos necessários.” 

Juntos neste desafio

A equipa da Ana trabalhava 18 horas por dia. Podiam estar em reuniões online até à 1 ou 2 da manhã, a avaliar necessidades, a falar com fornecedores e a organizar entregas em instalações da ISS em todo o país. E teriam de estar de volta às 7 da manhã para verificar como as coisas estavam a correr. 

A situação tornou-se muito mais difícil pelo facto de a China ter sido o primeiro país atingido pela pandemia. A nossa equipa tinha experiência com a epidemia do SARS em 2003, e rapidamente implementámos as estruturas e os processos necessárias para lidar com esta emergência. Mas a pandemia da COVID-19 tinha uma escala que ninguém tinha vivenciado anteriormente e a situação exigiu uma grande dose de engenho, como por exemplo encontrar produtos químicos alternativos para limpeza ou novos fornecedores de máscaras faciais.
 
“Implicou bastante trabalho de equipa para obter as aprovações adequadas. Líamos muitos manuais e diretrizes durante a noite, mas tínhamos uma responsabilidade conjunta para com os nossos colegas e clientes, e tínhamos de cumprir,” afirma Ana. “Existia um sentido incrível de companheirismo. Não só na nossa equipa, mas em toda a organização e com os nossos parceiros e clientes. Estávamos todos juntos, a fazer tudo o que podíamos para que tudo funcionasse.

Todos estes esforços valeram a pena. Apesar da situação, ninguém na ISS foi trabalhar sem os EPIs corretos e nenhum dos colaboradores da ISS na China continental contraiu coronavírus, uma estatística incrível nestas circunstâncias. 

 

CASO PRÁTICO

Disponibilização de EPIs aos clientes face à COVID-19

Em situações de crise, as organizações mostram o seu valor de uma forma muito clara e muito rápida. No início da pandemia da COVID-19, a equipa de Procurement & Cadeia de Fornecimento da ISS ajudou muitos clientes a manterem-se operacionais ao disponibilizar os equipamentos essenciais de que precisavam para operar em segurança.

Saiba mais
Disinfection Services
Partilhar as melhores práticas

O trabalho realizado pela ISS na China teve benefícios muito mais amplos. A ISS é uma organização global, e as nossas equipas partilham regularmente aprendizagens, experiências e boas práticas. Isto foi intensificado assim que se tornou evidente que a COVID-19 estava a espalhar-se pelo mundo. 

Muitos dos sistemas e procedimentos desenvolvidos na China foram replicados noutros países à medida que o vírus se espalhava, conforme explica Vincent Robyn, Diretor de Supply Chain & Procurement da Ásia Pacífico.

“Todas as aprendizagens foram adquiridas ao nível regional e de grupo,” afirma. “Isso fez uma diferença substancial. Outros países e regiões replicaram o nosso modelo e abordagens de governance e, consequentemente, conseguimos reduzir muito precocemente as entregas em risco noutros países. Grande parte do mérito tem de ser atribuído às pessoas no terreno, como Ana e a sua equipa."

Esta abordagem global exemplifica o modo como trabalhamos na ISS, quer durante a atividade normal como em tempos de crise. Os nossos elevados padrões são desenvolvidos por pessoas que se dedicam, e os nossos procedimentos e melhores práticas são partilhados para que possamos proporcionar tranquilidade aos nossos clientes no mundo inteiro. 

Mantenha-se atualizado/a

Solicite os últimos insights da ISS. Pode cancelar a subscrição a qualquer momento.

Subscreva aqui

Histórias sobre pessoas, espaços e planeta

AS PESSOAS INFLUENCIAM OS ESPAÇOS

Mais de 60.000 clientes em mais de 30 países