caso prático

As D-Teams mantêm os espaços de trabalho na Áustria limpos durante a COVID-19

A COVID-19 ameaçou os espaços de trabalho como nada o tinha feito antes. Como especialistas em descontaminação, respondemos rapidamente, colocando no terreno diversos especialistas para ter a certeza de que os sistemas de transporte, as cadeias de abastecimento e os espaços de trabalho eram seguros, incluindo as nossas D-Teams austríacas e os Responsáveis de Higiene.

DE_2020_Cleaning_Hygiene Stewart_PureSpace_August_2020

Na ISS, temos uma vasta experiência na prevenção da disseminação de doenças infeciosas, incluindo a SARS, o Ébola e a Gripe Suína, especialmente em locais de risco elevado como aeroportos e instalações de cuidados de saúde. Assim, quando a COVID-19 chegou, já tínhamos protocolos comprovados e acesso a ferramentas, produtos e equipamentos de proteção pessoal disponíveis.

Isto levou os nossos colegas na Áustria a criar as chamadas D-Teams: peritos especializados em limpeza que descontaminam ou desinfetam os nossos edifícios se os nossos clientes estiverem preocupados com um surto. A descontaminação e a desinfeção desempenham um papel fundamental na prevenção da disseminação do vírus, assim como para assegurar que serviços críticos, como transportes e cadeias de abastecimento se mantêm operacionais.

“Prestámos serviços de descontaminação no Aeroporto de Viena durante vários anos durante a epidemia do Ébola,” explica Bernd Steinreiber, Cleaning Excellence Manager e coordenador das D-Teams da Áustria. “Este conhecimento especializado significa que estávamos em condições de reagir rapidamente à disseminação do coronavírus e de nos prepararmos para possíveis operações de descontaminação em toda a Áustria.”

Conciliar tempos de resposta, budgets e segurança

“Recebemos chamadas de clientes preocupados, novos e atuais que queriam as nossas equipas no local o mais rapidamente possível para proteger as suas instalações,” explica Bernd. “Trabalhámos intensamente para reduzir o nosso tempo de resposta para 24 horas; ao mesmo tempo garantimos também a segurança das nossas equipas e a qualidade dos nossos serviços.”

A cadeia de abastecimento foi o primeiro desafio. Os equipamentos de limpeza e de proteção tinham uma procura elevada e os preços estavam a disparar, o que significava que Bernd e as suas equipas lutavam contra restrições de orçamento e em contra-relógio.

Além disso, com novos clientes, as D-teams estavam a ir para edifícios que nunca tinham visto. “Isto colocou novos desafios, porque não sabíamos do que poderíamos precisar,” diz Bernd. “Por isso tivemos de considerar tudo o que poderíamos encontrar com base na nossa experiência, e incluímos equipamentos extra para ter a certeza de que todas as eventualidades estavam cobertas.

Reforçar equipas

Quando o coronavírus atingiu o país, a ISS Áustria tinha 20 elementos nas suas D-Teams. Este número cresceu rapidamente para 100, graças à flexibilidade dos nossos colegas e ao seu espírito de equipa.

Os novos membros da D-Team frequentaram um programa de formação intensiva de dois dias. Meio dia foi dedicado a protocolos de limpeza e o tempo restante foi ação, colocando os novos colegas em contacto com tudo o que precisavam de saber para realizar os seus trabalhos em segurança. Os membros da D-Team recebem atualizações permanentes para garantir que estão bem equipados para desempenhar as suas funções.

Responsáveis de segurança

Além das nossas D-Team que disponibilizamos na Áustria, criámos um novo serviço global: Responsáveis de Higiene.

Tal como o seu nome sugere, os nossos Responsáveis de Higiene são embaixadores para a limpeza dos espaços de trabalho. Podem encontrá-los em receções onde dão conselhos sobre higiene indivudual como a lavagem frequente das mãos. E irão vê-los em todo o edifício, a realizar verificações e a limpar pontos de contacto como puxadores das portas, secretárias e impressoras várias vezes por dia.

“Normalmente, ninguém quer ver ou ouvir os colaboradores de limpeza nos seus escritórios,” reflete Bernd. “Vamos muito cedo para que estejamos a sair quando os utilizadores dos espaços começam a trabalhar ou vamos depois de eles saírem. Mas agora é totalmente diferente. Toda a gente gosta de ver os nossos Responsáveis de Higiene porque sabem que são os nossos trabalhadores da linha da frente que ajudam as pessoas a sentirem-se permanentemente seguras e protegidas.”

Toda a gente gosta de ver os nossos Responsáveis de Higiene porque sabem que são os nossos trabalhadores da linha da frente que ajudam as pessoas a sentirem-se permanentemente seguras e protegidas.

Bernd Steinreiber, Cleaning Excellence Manager e coordenador das D-Teams da Áustria

A higiene individual está em primeiro lugar

Como consequência da pandemia do coronavírus, muitos gestores de instalações estão a pensar em como manter a higiene dos edifícios e aumentar a frequência da sua limpeza para prevenir problemas de contaminação e manter as suas instalações higienizadas e seguras. Estamos a dar o nosso máximo para prestar os serviços de que necessitam para o fazer.

No entanto, como assinala Bernd, não interessa a frequência com que as instalações são limpas se as pessoas ignoram a higiene individual.

“Todos os planos de limpeza têm de considerar como incentivar as pessoas a lavar as mãos regularmente e a adotar outros cuidados de higiene individual. Isto é algo que os nossos Responsáveis de Higiene irão continuar a apoiar, partilhando conhecimentos e relembrando às pessoas o que fazer para as ajudar a sentirem-se mais seguras no trabalho.”

Mantenha-se atualizado/a

Solicite os últimos insights da ISS. Pode cancelar a subscrição a qualquer momento.

Subscreva

Histórias sobre pessoas, espaços e planeta

AS PESSOAS INFLUENCIAM OS ESPAÇOS

Mais de 40.500 clientes em mais de 30 países